Quem Mexeu no Meu iPod?






24.10.08

TIm Festival 2008 Novas Raves - Neon Neon e Klaxons

Share

Tudo apontava para um festival flopado: duas ótimas atrações canceladas, atrações não tão chamativas, ou “indie demais”, ingressos caros e má reputação com a organização do ano passado. Nas últimas duas semanas em comunidades do Orkut e LastFm muitos tentavam vender seus ingressos e segundo informação que a Folha publicou hoje, cambistas vendendo ingressos para Kanye West (o mais caro do festival) por R$ 20,00 e depois de ter começado o show, 4 ingressos por apenas R$ 70,00!

Chegamos à Arena de Eventos por volta das 20h40 faltando vinte minutos para começar e apenas uns gatos pingados estavam no local para 4.000 pessoas, a chuva com certeza broxou muita gente, um amigo foi na bilheteria e acabou ganhando um ingresso para as apresentações de amanhã.


Neon Neon

A banda americana Neon Neon entrou no palco as 21h40, sem grandes atrasos (nem percebemos na verdade, a Arena de Eventos parecia um lounge reservado). O show, assim como o primeiro e único álbum Stainless Style, é dividido entre o synthpop e um hip hop cheio de batidas inspiradas – para quem conhecia podia se deliciar, espaço não faltava. Entre o começou com a ótima I Told Her on Alderaan ouvia-se vindo dos fundos uma voz masculina “esguiniçada” arriscando um português truque. Em seguida o dono da voz apareceu e deu mais brilho para a apresentação empolgante da banda – a platéia só foi no embalo quando entrou o músico Har Mar Superstar, logo depois da música I Lust U (a melhor do álbum) cantada por Cate Le Bom. Har Mar Superstar era o que a platéia precisava: o gordinho baixinho deu um show de presença de palco, dançando, rebolando, gemendo, plantando bananeira e se divertindo pelas dançantes Michael Douglas, Trick for Treat, e Sweat Shop – algo que esperávamos de Beth Ditto e sua The Gossip, que realmente fez falta! No final, Neon Neon embalou um samba eletrônico até se despedir.


Har Mar Superstar - foto de Flavia Durante

A banda mais esperada da noite, Klaxons chegou arrebentando com guitarras e sintetizadores barulhentos mostrando que apesar de um só álbum (o ótimo Myths of the Near Future, de 2007) eles têm a pegada forte! O electro punk do quarteto inglês foi posto a mostra através dos hits do primeiro e único álbum, como: As Above So Below, Golden Skans e Two Receivers. No final, entra novamente no palco Har Mar Supertar, rebolando mais e arrancando palmas e gritos da platéia - que se desdepiu com um criativo beijo de teta: apertando os mamilos e jogando beijinho pra platéia, digno de teta suada ;)


Klaxons

Estamos curiosos com a apresentação de amanhã dos queridinhos do MGMT e do rock do The National – aguardem!

Not Related:


Nossa musa 2008, Vanessão, morreu ! E há um ano !
Mais informações aqui.

Um comentário :

Rodrigo Campelo disse...

EU ainda tenho q investigar mais profundamente, mas tnho qse certeza q Vaneesao ainda estah viva e lindaa!

tnho um amigo em Ariquemes q diz q ela estah sim viva, e q deu risada com o boato d sua morte...
mas soh preciso checar qm estah mentindo

qstao d tmpo
;)