Quem Mexeu no Meu iPod?






23.12.09

Os Melhores Filmes de 2009 por John Waters

Share

Relembre os melhores de 2008




10 A Mulher Sem Cabeça (Lucrecia Martel) Cabelo descolorido, acidentes “bata-e-corra”, sogros com hepatite? Huh? Eu não entendi mas com certeza amei!

9 Tudo Pode Dar Certo (Woody Allen) Geriatrofilia nunca pareceu tão atraente. Dessa vez, Woody fica um pouquinho gay e vive para contar essa história com um sucesso cômico e amável. Eu fico tão puto porque eu não tenho a carreira deste diretor.

8 O Complexo Baader Meinhof (Uli Edel) Agora aqui estão alguns garotos que sabiam como aprontar! Hmmm... O que deveríamos fazer hoje? Parar as Olimpiadas ou exploder um avião commercial? Esses radicais fazem os Weathermen parecerem mariconas.

7 Abraços Partidos (Pedro Almodóvar) Houve um resmungo vindo de Cannes que esse não era um dos melhores de Pedro, mas esses rumores não podiam estar mais errados. É uma beleza! Um melodrama inteligente e impiedoso preenchido com tantos detalhes atordoantes na trama que vai lhe provocar vertigem!

6 O Silêncio de Lorna (Jean-Pierre e Luc Dardenne) Como esses ótimos filmes de arte conseguem financiamento? Socialismo europeu, só pode! E eu estou contente que os contribuintes de lá investem nesse tipo de obra prima. Somente os irmãos Dardenne podem se safar em não mostrar a ação dramática que culmina no filme inteiro. Agora imaginem se eles tivessem que fazer testes de exibição para esse filme na América!

5 Bruno (Larry Charles) Não escutem as críticas – é melhor que Borat. Imagine um primeiro encontro de um casal adolescente heterossexual num shopping assistindo um Sacha Baron Cohen pantomimando cada movimento conhecido de um gay, terminando num alegre “facial”. As vezes a platéia recebe o que merece.

4 World’s Greatest Dad (Bobcar Goldthwait) Por que, ai por que, essa mais negra das comédias não foi um sucesso? Aparentemente rude, decididamente nada familiar, este conto suicida-autoerótico de um filho detestável e seu pai incompetente deixa o espectador ofegando de surpresa.

3 In the Loop (Armando Iannucci) Uma sátira britânica inteligente, maldosa e boca suja sobre a luta pelo poder global que faz a mais importante pergunta: Como você debate a invasão do Iraque se suas gengivas começam a sangrar bem no meio da sua apresentação?

2 Anticristo (Lars Von Trier) Se Ingmar Bergman tivesse cometido suicidio, ido ao inferno, e voltado para a Terra para dirigir um filme de art-exploitation para drive-ins, este seria o filme que ele teria feito.

1 Importar Exportar (Ulrich Seidl) O filme mais triste do ano é também o melhor. As vidas miseráveis de imigrantes ucranianos em Viena fazem este angustiante, mas brilhantemente dirigido filme o equivalente cinematográfico a cortar os pulsos. Um novo gênero? Porno-depressão? Ei, eu saí fora.


21.12.09

Últimas Ceias

Share

Uma série de fotografias de James Reynolds documentando os pedidos de Última Ceia de prisioneiros de Corredor da Morte antes da execução. Veja mais trabalhos do artista aqui.














Qual seria sua última refeição?

15.12.09

A Single Man Trailer

Share



Já esta na lista, filmes que não vi, e já amo. Ao lado de Alice e Onde vivem os monstros!



Dirigido por Tom Ford (aka Colcci, Louis Vuitton...).

14.12.09

11.12.09

Portishead - Chase The Tear Video

Share

Portishead flertando com o pop e atestando sua genialidade! Nunca é tarde para mais uma música entrar na listinha de Melhores do Ano.



MP3 nos comentários ;)

Hot Chip - One Life Stand Video

Share



O álbum novo sai em fevereiro!

5.12.09

LEAK: IRM

Share

Baixe ao lado o novo álbum de Charlotte Gainsbourg!

30.11.09

Simian Mobile Disco – Cruel Intentions (ft. Beth Ditto) Video

Share

Saindo direto de Temporary Pleasures (leia review aqui), o álbum de participações do duo inglês Simian Mobile Disco, o clipe de Cruel Intentions não tem Beth Ditto, mas isso não é um problema. Simiam é uma das poucas bandas que conseguem sempre fazer clipes com historinha bons, principalmente no pós-YouTube.



O clipe tem muito de "prazeres temporários" e "intenções cruéis", seguindo a linha do sexy Hustler, agora em versão madura.

26.11.09

Tim Burton no MOMA

Share

timburton_moma_11_01

timburton_moma_11_02

timburton_moma_11_03

timburton_moma_11_04

timburton_moma_11_05

timburton_moma_11_06

timburton_moma_11_07

timburton_moma_11_08

timburton_moma_11_09

timburton_moma_11_10

timburton_moma_11_11

timburton_moma_11_12

timburton_moma_11_13

timburton_moma_11_14

timburton_moma_11_15

timburton_moma_11_16

timburton_moma_11_17

timburton_moma_11_18

timburton_moma_11_19

Vampire Weekend - Cousins Video

Share

Os clipes de Vampire Weekend vem de idéias bem simples, mas não devem ser tão simples assim de fazer.



Ano que vem surgem com um novo disco: Cousins.

24.11.09

“ e os hipopótamos foram cozidos em seus tanques”

Share



Escrita a quatro mãos, a história é construída pelo ponto de vista de dois personagens, Will Dennison e Mike Ryko -- respectivamente Burroughs e Kerouac, que se alternam na redação dos capítulos. O garçom e o marinheiro relatam seu dia a dia de ócio, experiências com drogas e sexo, encontros com os amigos e o desfecho criminoso.

Em Nova York, em 1944, um amigo dos dois, David Kammerer, fora assassinado por outro conhecido do grupo, o então adolescente Lucien Carr -- Kammerer era obcecado por Carr, que não aguentava mais as constantes perseguições do apaixonado.

O episódio dramático serviu de matéria-prima para Kerouac e Burroughs, que deram origem, em 1945, à obra "E os Hipopótamos Foram Cozidos em Seus Tanques" (Cia. das Letras, 176 páginas). O livro ficou guardado até o ano passado, quando foi publicado nos Estados Unidos - um acordo garantia que o manuscrito somente viesse a público depois que Lucien Carr morresse, o que aconteceu em 2005. Uma edição brasileira foi publicada neste ano.

Nas páginas, sexo volátil e experiências vazias com drogas de todos os tipos são relatadas,para construir uma decadente Nova York que vive o fim da segunda guerra mundial. A desesperança, o ócio e a falta de perspectiva pontuam uma narrativa ágil e cínica, onde a relações afetivas não passam de jogos de relação de poder e sobrevivência.

"Imaginei toda uma filosofia baseada na idéia de que o desperdício é o mal e a criação é o bem. Enquanto você está criando algo, tudo bem. O único pecado é o desperdício de suas potencialidades. " – Burroughs"

"O cara não é um canalha, ele é um financista. “ - Kerouac

18.11.09

Bob Dylan - Must Be Santa Video

Share

Clima de brigas numa festinha de natal selvagem!



Must Be Santa faz parte do álbum de natal Christmas In The Heart - que Dylan fez para arrecadar ajuda para a Feeding America e outras organizações internacionais.

13.11.09

Burton at MOMA

Share

O cineasta Tim Burton inaugura dia 22 de novembro uma exposição no MOMA - o museu de arte moderna de Nova York.

Incluindo uma mostra de curtas-metragens e experimentações em vídeo, a abrangente exposição inclui pinturas, desenhos, storyboards, bonecos, maquetes, elementos cenográficos, figurinos, rascunhos...

A montagem fica por lá até 26 de abril de 2010. Assista ao breve comercial, dirigido por Burton com direito a trilha sonora de Danny Elfman.



Via Omelete

11.11.09

Hot Chip: Novo álbum e nova música!

Share




Em fevereiro chega as lojas americanas e inglesas o novo álbum da banda Hot Chip. Intitulado One Life Stand (adorei), sucessor do incrível Made in the Dark, de 2008.

E o melhor: divulgaram a primeira música do novo disco, Take It In. Ouça abaixo:

Grizzly Bear - Ready, Able Video

Share

Clipe stop-motion nos moldes de Knife.



Ready, Able faz parte do último ótimo álbum Veckatimest, algo diferente de toda a agitação que comandou 2009.

10.11.09

6.10.09

Lenny Kravitz - Let Love Rule (Justice Remix) Video

Share

Muito bom esse vídeo de Keith Schofiel para o remix de Justice para Let Love Rule de Lenny Kravitz: divertido e original. Outros trabalhos do diretor inclui o viral pornô que ele fez para a Diesel e seu próximo clipe será para Beck com a participação especial de Charlotte Gainsbourg.



Lenny Kravitz - "Let Love Rule (Justice Remix)" (MP3 - salvar como...)

2.10.09

Todas as solteironas

Share

Parabésn Beyonce pelo melhor clipe do ano!



E obrigado pela inspiração!

29.9.09

28.9.09

Hot Pepper

Share



Coooooool!

Karen O and the Kids – Where the Wild Things Are (Trilha Sonora)

Share

Dá pra sentir todo o clima do filme, aumentando mais a vontade de ver!



Veja só:



Link nos comentários ;)

21.9.09

Trilha Sonora Lua Nova, continuação de Crepúsculo

Share

Melhor trilha do ano??



01 Death Cab For Cutie - "Meet Me On The Equinox"
02 Band Of Skulls - "Friends"
03 Thom Yorke- "Hearing Damage"
04 Lykke Li - "Possibility"
05 The Killers - "A White Demon Love Song"
06 Anya Marina - "Satellite Heart"
07 Muse - "I Belong To You (New Moon Remix)"
08 Bon Iver and St. Vincent - "Rosyln"
09 Black Rebel Motorcycle Club - Done All Wrong"
10 Hurricane Bells - Monsters"
11 Sea Wolf - The Violet Hour"
12 Ok Go- Shooting The Moon"
13 Grizzly Bear - Slow Life"
14 Editors - "No Sound But The Wind"
15 "Alexandre Desplat - New Moon (The Meadow)"

Madonna - Celebration (Versão Fãs) Video

Share



Atrasadinho, mas tá ai! Qual vocês preferem?

18.9.09

Marcelo D2 (e Seu Jorge) - Pode Acreditar (Meu Laiá laiá)

Share

Mudando um pouco de gênero, mas vale a pena ver: inspirado na dupla Jonas & François - dupla francesa que assinou os clipes D.A.N.C.E., do Justice, e 4 Minutes, de Madonna e Justin Timberlake.

La Roux - I'm Not Your Toy Video

Share

Uma das músicas mais grudentas do álbum, a vocalista Elly Jackson não só tem um corte de cabelo marcante, mas ele também é impermeável!



Adorei as "black dancers"!

17.9.09

Basement Jaxx - Scars

Share

Vazou! Link nos comentários!



1 Scars (feat Kelis, Meleka & Chipmunk)
2 Raindrops
3 She’s No Good (feat Eli “Paperboy” Reed)
4 Saga (feat Santigold)
5 Feelings Gone (feat Sam Sparro)
6 My Turn (feat Lightspeed Champion)
7 A Possibility (feat Amp Fiddler)
8 Twerk (feat Yo Majesty)
9 Day Of The Sunflowers (We March On) (feat Yoko Ono)
10 What’s A Girl Gotta Do? (feat Paloma Faith)
11 Stay Close (feat Lisa Kekaula)
12 Distractionz (feat Jose Hendrix Ndelo)
13 Gimme Somethin’ True (feat Jose James)

Review em breve.

Projeto Radiohead - Rain Down

Share

Discípulo de Thom Yorke e sua turma, Andrews Ferreira Guedis, criou o que pode ser chamado de exemplo máximo de punk digital (faça você mesmo). Ele criou (juntamente com os fãs da banda) um DVD dos shows de São Paulo e Rio de março deste ano. Com material enviado para ele e outros publicados no YouTube, ele editou tudo numa peça extraordinária - pra deixar qualquer Multishow pra trás, além de toda a indústria musical.



Os shows na íntegra podem ser baixados no site do projeto (http://radioheadraindown.blogspot.com) em diversos formatos e não está a venda.

16.9.09

Magic Wands - Black Magic Video

Share

On repeat total!



O amadorismo do clipe é ótimo - colocando até o gatinho pra atuar! Baixe o mp3 nos comentários!

11.9.09

Sebastien Tellier no Brasil

Share



Pouco divulgado, o cantor e multi-instrumentista francês Sebastien Tellier apresentará canções de seu álbum Sexuality (produzido por Guy-Manuel de Homem-Christo, do Daft Punk) em duas cidades do Brasil: Recife (no Coquetel Molotov, junto com Beirut) e em São Paulo, no Sesc Pompéia na quinta-feira, as 21h, em comemoração ao ano da França no Brasil. O pop alternativo de Sebastien Tellier, que foi comentado aqui, mistura pop e eletrônica lo-fi. Mais infos aqui.

Grizzly Bear - While You Wait For The Others Video

Share

A música que mais ouvi no ano passado finalmente ganhou um vídeo. While You Wait For The Others está no ótimo álbum Veckatimest lançado nesse ano.



Dirigido por Sean Pecknold, o mesmo que fez Mykonos e White Winter Hymnal, da banda Fleet Foxes.

9.9.09

Dragonette - Pick Up The Phone Video

Share

Cool!



Dica da Cin ;)

Yeah Yeah Yeahs - It's a Blitz

Share



Atrasadinho: a capa eu já tinha amado, mas esse disco é muito bom!
Head Will Roll, Zero, Dragon Queen são ótimas! Tomara que eles venham para o Terra mesmo!

Vídeo de Zero aqui: http://www.youtube.com/watch?v=TGxBTsmuRIk e download do álbum nos comentários (pra quem ainda não baixou)!

8.9.09

Air - Sing Sang Sung Video

Share



Esses caras não erram: simples, o video mostra o passeio de uma bolinha preta através de um mundo psicodélico (meio Yellow Submarine meio Sonic), tudo sincronizado com a melodia gostosa de Sing Sang Sung. Que vaze logo esse álbum!

Assista no YouTube.

3.9.09

Anticristo (Antichrist, 2009)

Share

"A natureza é a igreja de satanás”


Lars Von Trier em seu novo filme conta a história de uma jovem mãe (Charlotte Gainsbourg) que cai em depressão logo após a trágica perda de seu único filho. Numa tentativa de superar o trauma, seu marido terapeuta - Willem Dafoe (que não sofria tanto pra compor um personagem desde A Última Tentação de Cristo) - propõe a ela que os dois viajem para o local que mais lhe desperte medo, que ironicamente chama-se Éden. Adendo: - Isso prova minha teoria sobre que Dogville é um filme análogo a base religiosa cristã, onde Grace é Jesus e seu pai, Deus.

Em seu novo filme Lars cria uma fina costura de referências imagéticas onde Tarkoviski (principalmente), Bergman e Kieslowski são nitidamente matérias primas para seu quadro digital. Com uma fotografia impecável e todo texturizado de formas lúgubres, úmidas e sufocantes. O sadismo habitual do diretor é mais voraz, assim como sua maturidade em desenhar cenas de beleza impar e movimentos de câmera ainda mais bem resolvidos. Independente de querer decifrar as intenções do diretor, o mais importante nesse caso é focar nosso olhar na natureza das provocações desse homem niilista, esteta, misógino e, sobretudo humano e libertário.

Anticristo é a mais alta obra–prima sobre a natureza das relações de gênero. A tese defendida é que o feminino, apêndice responsável pelo dom de preservar a “prole” e assim continuar a “vida” é constantemente ferida e controlada pelo masculino que prove a “morte” gerando assim o equilíbrio.


As cenas explicitas apenas ilustram aquilo que notavelmente estimulam e controlam a mente humana: o medo, o sexo e a existência física das coisas. O incomodo provém da negação do espectador em assumir pra si mesmo o quanto se identifica com as posturas de dominação, submissão, impulsos emocionais, desejos reprimidos e com a culpa. Tudo está diante dos nossos olhos, na natureza e na natureza das coisas.

E na perda do controle do poder, da racionalidade ou no mergulho fecundo dos nossos mais íntimos sentimentos é ali que mora a verdadeira identidade de nossas personalidades. Seja no preenchimento das lacunas, até o transbordamento para que possamos dar de cara com o vazio, que é o sentido inútil de dar continuidade a existência e a vida.

2.9.09

Madonna - Celebration Video

Share



Opiniões divididas:

"Ela conseguiu de novo, estou pasmo! Pop, Comercial, Coloridinho, Atual, como toda estética you tube, é também meio tosquinho!"
Givago Oliveira

"sinceramente, que lixo de clipe é esse? play reverse no ritmo da musica eh taaaaao ray of light.....pfff...e o que falar do Jesus visivelmente desconfortavel em ser o toy boy da Rainha?"
@rike77

1.9.09

Karen O. and The Kids – All Is Love mp3

Share



Primeira música da trilha sonora de Onde Vivem os Monstros (Where The Wild Things Are), na voz de Karen O. dos Yeah Yeah Yeahs junto com um coral infantil que toma conta da música. O single transmite toda a energia e fofura do trailer. Ideal pra passar o dia e cantatolar felizmente. Link nos comentários!

Beck - Velvet Underground & Nico Record Club

Share



Os vídeos das versão de Beck para o álbum de 1969 de Velvet Underground & Nico (aquele da banana de Andy Warhol, saca?) pipocavam por aí e eu temia em não ouvir, por ser fã do trabalho original de Lou Reed e companhia. Mas no fim de semana vazou o álbum inteiro e não é decepcionante. Algumas faixas ficaram bem parecidas porém outras sem a voz fofa de Nico, mas numa gravação descontraída, Beck conseguiu dar um novo efeito a um álbum tão precioso e que deveria ser proibido de ser tocado, mas sabem, regras são feitas para serem quebradas.

Femme Fatale


Destaques: Heroin gritada, Run, Run, Run com tecladinho eletrônico pop e a maquiagem de percurssão que ganhou Femme Fatale. Baixe ao lado.