((( Quem mexeu no meu iPod?)))
Quem Mexeu no Meu iPod?






4.12.08

Os Melhores Filmes de 2008 por John Waters

Share



O incrível diretor de Pink Flamingos, Polyester, Problemas Femininos, Hairspray, entre outros fez sua listinha dos 10 melhores filmes do ano. Veja abaixo (com link para trailer):

10 O Sonho de Cassandra (Woody Allen) A melhor atuação de Colin Farrell de todos os tempos como um assassino culpado que deixa seu remorso o devorar. E eu certamente não estou desapontado em dizer que os críticos se enganaram a respeito desse filme.

9 Milk (Gus Van Sant) A incrível atuação de Sean Penn como Harvey Milk vai fazer todo mundo na América ter uma agenda gay. Eu também parabenizo a restrição do diretor em não mostrar Dan White comendo bolinhos.

8 Um Táxi Para a Escuridão (Alex Gibney) Uma vez que você assiste esse documentário sobre um taxista afegão que estava no lugar errado e na hora errada na guerra dos EUA contra o terror, você se sente como se quisesse criar uma revolta nas ruas. Vá em frente. Tombe um carro. Faz bem para você.

7 The Wrestler (Darren Aronofsky) O diretor deve ter recebido os espíritos dos irmãos Dardenne, mas Mickey Rourkee sinistramente me lembra Jean Marais levando beleza para a Fera em A Bela e A Fera de Cocteau. Imagina só o discurso de Oscar de Mickey.

6 Meu Winnipeg (Guy Maddin) Eu ainda estou paralizado de admiração por essa obra-prima caseira da mais relutante radical e humorada tortura independente em filmes de hoje em dia.

5 A Última Amante (Catherine Breillat) Um brilhante drama de costumes que desce do seu pedestal para reverenciar os lábios incrivelmente macios de seu protagonista, Fu'ad Aït Aattou. A história mais sedutora e sexual levada as telas desde Salò (120 Dias de Sodoma).

4 Man on Wire (James Marsh) Ver Philippe Petit andar numa corda bamba entre as torres do World Trade Center enquanto a polícia tenta prende-lo é presenciar a infração a lei mais excitante vista num filme.

3 Pecados Inocentes (Tom Kalin) Julianne Moore no melhor papel Isabelle Huppert do ano. Quando uma mãe má com ótimas roupas trepa com seu filho sexy, nós nos sentimos francamente penais no nosso divertimento em celulóide.

2 Mister Lonely (Harmony Korine) Uma sósia da Marilyn Monroe seduz um cara que imita Michael Jackson para uma ilha que é a versão de cinema para Jonestown, mas sem o suicídio, exceto por freiras que pulam de aviões pilotado por Werner Herzog. O filme mais bem feito de Korine não copia ninguém.

1 Desculpe, deu empate: (A) Vicky Cristina Barcelona (Woody Allen) Será que ninguém também não acha que esse é o melhor filme americano do ano (mesmo sendo feito na Espanha) ? Olha só, tem um roteiro genial, os atores parecem mesmo como grandes astros de cinema, e Woody Allen filma Scarlett Johansson com a mesma obsessão que Paul Morissey tinha com Joe Dallesandro. Dá um crédito a heterossexualidade! (B) Canções de Amor (Christophe Honoré) Eu acho que sou a única pessoa que escolheria esse como o melhor filme estrangeiro do ano, mas o que eu posso fazer se você não gosta desse grandioso musical bissexual francês? Quando os espertinhos e sexies personagens começam a cantar sobre tumores no cérebro, saliva e sanduíches humanos, eu fico todo emocionado por dentro e percebo que essa é a única comédia romântica que eu realmente amei.

Vicky Cristina Barcelona estreiou recentemente nos cinemas brasileiros; Canções de Amor e A Última Amante chegam as locadoras em breve; O Sonho de Cassandra e o genial Pecados Inocentes já está nas locadoras e já foi comentado aqui; Meu Winnipeg estava na programação da Mostra desse ano; Mister Lonely, Man on Wire, The Wrestler, Um Táxi Para a Escuridão, Milk ainda não tem previsão de estréia por aqui.

Um comentário :

Eduardo Iribarrem disse...

ADORO MUITO JOHN WATERS, ótima essa lista, não vejo a hora que saia um novo filme dele!