((( Quem mexeu no meu iPod?)))
Quem Mexeu no Meu iPod?






6.3.08

Bob Dylan '08 Tour - São Paulo

Share

Muitos criticaram sua apresentação de ontem (na qual não estive presente).
Pobre coitados.
Gastaram uma nota para ver um senhor de 66 anos com uma voz rouca e decrépita cantando músicas cujas letras, mesmo em inglês, são irreconhecíveis.
Mas não estou aqui para criticar essa classe média alta média óbvia, muito menos criticar a apresentação de Bob Dylan realizada agora há pouco no Via Funchal.

Pontual, Dylan abriu o show com Rainy Day Women 12th & 35 , passando depois para a também clássica Lay, Lady Lay.Mudando quase que por completo os arranjos originais de suas canções mais conhecidas (algumas só reconhecidas através do refrão), Dylan se apresentou intimista, sem papo algum com a platéia (se despediu cordialmente no final), com aquela mesma voz rouca que muitos criticaram.

Aí é que está.
Como no filme "I'm Not There", Bob Dylan não estava lá.
Vou até mais além: ele nunca existiu por inteiro.
Sempre foi repaginado através dos 50 anos compondo músicas que vão desde canções de protestos, rock, passando por baladas românticas cafonas e por último e não menos especial, canções nostálgicas (que fazem parte do irônico Modern Times de 2006), puro blues que deu origem a paixão musical que Robert Allen Zimmerman tem!

Seus primeiros ídolos (Odetta, Woody Guthrie...) foram cantores excepcionais de blues (Elvis ainda não tinha inventado o rock, no qual mais tarde Dylan daria um cérebro - ponto final da contracultura), que tinham vozes marcantes, ora pelos quase latidos de Odetta, ora pela voz nasal e confusa de Guthrie, por exemplo.

Incrível foi ver as raízes do Dylan da década de 60 na voz de um Dylan de 2008.
O cantor fez um show de duas horas, com um bis no final cantando Thunder On The Mountain e a bela Blowin' In The Wind.

Set List

1. Rainy Day Women 12th & 35
2. Lay Lady Lay
3. I'll be Your Baby Tonight
4. Lovesick
5. The Levee's Gonna Break
6. Spirit On The Water
7. A Hard Rain's Gonna Fall
8. Rollin' and Tumblin'
9. Workingman's Blues #2
10. Highway 61 Revisited
11. When The Deal Goes Down
12. Tangled Up In Blue
13. Ain't Talkin'
14. Summer Days
15. Like A Rolling Stone

(bis)
16. Thunder On The Mountain
17. Blowin' In The Wind



Para entender mais, No Direction Home.

6 comentários :

Eder Bruno Teodoro disse...

Muito bom o texto, vou linká-lo no meu blog , se puder visitar http://poolts.blogspot.com

Shiller disse...

Ave, Mister Ike! Eu fui no dia anterior ver o show e tive a impressão de que Dylan tbém não estava lá. O cara é um espectro (no melhor sentido que isso pode ter) de si mesmo. E à todos que desejam ver um Show óbvio ou sejamos mais leves "cheios de hits" que tal ver Rolling Stone na praia?

JD disse...

Muito bom o teu review. Eu estava no show de quarta feira, e o meu review foi na mesma linha que o teu. Eu agora estou à procura de vídeos e fotos do show, pois confiscaram minha câmera. O review está lá em www.joaodavid.blogspot.com . Abração

Anônimo disse...

A matéria ia ser mais legal se tivesse gravado o áudio no iPod e disponibilizado em download

Lola Sciwinzki disse...

Adorei o testo.
To me sentindo na Veja, super jornalistico.
Uma coisa bem adulta.
Chique!!!

Lola Sciwinzki disse...

TEXTO!!!!!
Essa foi péssima...