Quem Mexeu no Meu iPod?






25.3.09

Onde Vivem os Monstros Trailer

Share



Onde Vivem os Monstros
(Where the Wild Things Are), novo filme do diretor Spike Jonze (Adaptação), ganhou o seu primeiro trailer embalado com a música Wake Up da banda Arcade Fire.


Assita em Alta Qualidade aqui (recomendado).

O filme sai no dia 16 de outubro.

20.3.09

Radiohead no Brasil

Share

Rock cabeça
Com 30 milhões de discos vendidos e sucesso de crítica, a inquieta banda britânica Radiohead realiza hoje seu primeiro show no Brasil


Mark J. Terrill/Associated Press

Thom Yorke durante show no Grammy, em fevereiro

THIAGO NEY
DA REPORTAGEM LOCAL

Falta mais alguém?
Das grandes bandas em atividade, o Radiohead era a única que nunca havia feito show no Brasil. O grupo corrige essa falha hoje, com uma apresentação na praça da Apoteose, no Rio, e domingo, na Chácara do Jockey, em São Paulo.
Com cerca de 30 milhões de discos vendidos, o Radiohead é a atração principal do Just a Fest, evento que reúne também os alemães Kraftwerk e os cariocas Los Hermanos.
A banda aterrissou no Rio anteontem. Antes, havia iniciado a turnê latino-americana na Cidade do México. Se os shows mexicanos de domingo e segunda servem de pista, as duas apresentações no Brasil devem ser bem diferentes.
Diferentemente dos shows ocorridos na Europa e na Ásia em 2008, no México a banda tocou diversas faixas antigas. Mas, se no domingo o quinteto inglês mostrou canções como "Fake Plastic Trees", "My Iron Lung", "Just" e "Street Spirit", na segunda-feira entraram músicas como "Creep", "The Bends" e "Karma Police".
Assim, o setlist do show do Rio de Janeiro provavelmente será diferente do de São Paulo

Autoflagelação
Em ambas as apresentações mexicanas, a banda tocou 25 canções. Faixas de "In Rainbows" (2007) -o disco em que o Radiohead mudou paradigmas da indústria fonográfica ao dar ao público a opção de pagar quanto quiser pelo álbum- são o alicerce dos shows. Pelo menos sete das dez canções do disco devem entrar no setlist.
Nos anos 90, o Radiohead era um estranho no ninho do britpop. Um dos primeiros singles da banda, "Creep" teve recepção morna no Reino Unido. Mas aos poucos ganhou a MTV e as rádios americanas e, em seguida, foi relançado na Europa.
Mas o Radiohead não se enquadrava na celebração britpop. Enquanto Liam Gallagher (Oasis) gritava "Tonight I'm a rock and roll star" (nesta noite, eu sou uma estrela do rock; em "Rock and Roll Star"), Yorke se autoflagelava: "What the hell am I doing here?/ I don't belong here" (que diabos estou fazendo aqui? Eu não faço parte disso"; de "Creep").
E, diferentemente da acomodação que tomou conta das bandas do britpop, o Radiohead mostrou-se inquieto, alterando as tonalidades de sua música.
Após o rock-pop áspero de "The Bends" (1995), a banda lançou em 1997 o seminal "OK Computer", álbum que une melodias pop a elementos experimentais.

Experimentalismo
A banda jogou-se definitivamente em outro universo com "Kid A" (2000). O jazz e a música eletrônica serviram de forte influência, acompanhando letras abstratas, com texturas e harmonias esparsas, diversas.
Apesar de considerado "difícil", com canções que não se encaixavam no padrão radiofônico, o álbum chegou ao topo das paradas americana e britânica.
Disco-irmão de "Kid A", "Amnesiac" (2001) seguia a mesma trilha do antecessor. No mediano "Hail to the Thief" (2003), as guitarras voltaram a tomar as rédeas. Já "In Rainbows" funciona como uma evolução natural de "Kid A" e "Amnesiac".

Via Folha

17.3.09

Music Video Watch

Share

Franz Ferdinand - No You Girls

Novo single da banda lembra o hit Take Me Out. Essa mesma música foi usada para um comercial do iPod Touch.

The Golden Filter - Solid Gold

Um dos novos nomes do electropop tem um clipe estiloso e bonito.

The Ropes - Kitty Get Down

Uma banda indie americana gostosa de ouvir, vá até o myspace deles e ouça mais! Water and Headphones é uma dica ;)

Bloc Party - Signs (Armand Van Helden Remix)

Nesse clipe épico (um dos melhores do ano), Bloc Party faz a divulgação do álbum Intimacy Remixes, versão com faixas remixadas do disco lançado ano passado.

Sebastien Tellier - Roche

Outro clipe que merece destaque é esse último: no vídeo para Roche, a brilhante capa de Sexuality é explorada!

12.3.09

Dignidade Djá!

Share



"Você sabe aquele sentimento que você quando alguém embarassa eles mesmos tanto que VOCÊ se sente inconfortável? Ouve os discos do Chris Cornell? Jesus." É o que tem a dizer Trent Raznor, vocalista do Nine Inch Nails, sobre a tentativa do vocalista do Soundgarden em se aventurar no electropop.

Para os bravos:

Drag Me To Hell Trailer

Share

Trailer do novo filme de Sam Raimi (Trilogia A Morte do Demonio).



No Brasil, em 14 de agosto.

11.3.09

Link: Naked People

Share

Para todos que tem um corpo humano, ou não.


http://www.naked-people.de/

Music Video Watch Special - Evil Nine Trilogia dos Zombies

Share



"Zombies, pela sua própria natureza, são inconstantes."

Evil Nine é o nome do projeto que mistura hip hop com eletronic da dupla britânica Tom Beaufoy e Pat Pardy. Eles já apareceram por aqui no setlist de julho Yesmoking e lançaram recentemente seu segundo álbum They Live!, claramente inspirado como mostra a capa, em filmes de Zombie. O título They Live! vem de um dos melhores filmes de mortos-vivos já feitos (sem contar os do mestre Romero). Eles Vivem, de 1988 dirigido por John Carpenter - um zombie movie com ar de filme b dos anos 50 aproveitando toda a nova tecnologia da época. Para os vídeos dos singles, a dupla se espelha em clássicos do gênero para se divertirem em seus próprios clipes, talvez até realizando um sonho de infância.

They Live!


All The Cash


Icicles


2.3.09

As Novas Criaturas do Pop

Share



Um dos destaques do SetList de Fevereiro foi a banda canadense Creature com o single Pop Culture, que acabou servindo de inspiração para o post, tem um álbum energético que merece ser ouvido. Confesso estar cansado de todo o revival 80’s que vem se acumulando nos últimos anos mas é impossível resistir a certas músicas do debut No Sleep At All (baixe ao lado) tais como Who’s Hot Who’s Not (guardem essa faixa, ela promete bombar), Don’t Be Afraid (o que muitas bandas não tinham revivido dos 80's foram as músicas com conversinhas e diálogos nada a ver - mostra a espontaneidade da banda), as ótimas Brigitte Bardot e It’s Over (o vocal aqui é disputado entre meninos e meninas num rock dançante), praticamente toda a primeira metade do disco – uma mistura de ótimas referências.

Pense em B-52s, Scissor Sisters e Blondie (vide capa) mesclando com um hip hop old school divertido cantado por um japa levando junto o rock para dançar com “a garota mais gostosa que você conhece num biquíni dourado bebendo uma taça enorme de champagne e derramando tudo nela mesma” – essa é descrição no Myspace da banda, ou seja, de cafoninha Creature tem bastante. As baladinhas fofas Property e Star são pra balançar a cabeça de um lado para o outro, e a pretensiosa Last Days Of America dá para curtir se você não prestar atenção na letra, onde falam de toda a ganância pelo poder e dinheiro dos EUA - quem em 2009 é contra a América agora que o pop Obama está na Casa Branca? (risos) Enfim, no fundo Creature é isso mesmo, uma banda revelação pop de primeira, para não ser levada a sério – conceito que se adotado mais vezes pelas pessoas deixaria a vida muito menos irritante – e de irritante Creature não tem nada, pelo contrário, música feita para se divertir em dias de lotação no transporte público. Apenas aperte o play e curta esse som monstruoso.


Pop Culture: Cafonice bem-vinda

1.3.09

Music Video Watch

Share

Röyksopp - Happy Up Here

Mais um vídeo bem produzido do período pós-D.A.N.C.E. Space Invaders em 3D ficou muito legal mesmo. Um fã fez uma versão também animada para a música. Pode ser visto aqui.

Kid Cudi - Day 'N' Nite

Outro vídeo filho de DANCE. Kid Cudi é apontado como o novo Kanye West dos indies rappers, suas músicas até que são boas.

The Bullitts - Stay Runaway

Stay Runaway é o single debut da banda londrina com influências do pop, folk e eletronico. A diretora do vídeo Shirley Petchprapa desenhou todo o clipe quadro a quadro dando um aspecto de arte pop retro bem legal.

Cold War Kids - I've Seen Enough

Segundo single do álbum que ainda estamos digerindo bem, Loyalty to Loyalty. No vídeo, cenas da banda em tour, em estúdio e em ruas subdesenvolvidas.

Beck - Replica

Da série de vídeos em PB do novo álbum do cantor, esse é o mais chato. Continuamos com Modern Guilty.

Depeche Mode - Wrong

Single da volta do Depeche Mode com o álbum Sounds of The Universe. O vídeo com referências lynchianas é bem mais interessante do que a música, apesar dos dois funcionarem juntos.

Death Cab for Cutie - Grapevine Fires

Vídeo fofo do Death Cab for Cutie. Preparem seus lencinhos.

Hercules & Love Affair - Hercules Theme Live

Sol se pondo no horizonte, e uma festa com os novos discípulos do Disco acontecendo no telhado. Mais aqui, vale a pena!

Inglourious Basterds - Cartazes e Teaser Trailer

Share



No novo filme de Quentin Tarantino, Brad Pitt coloca seus soldados bastardos para se infiltrarem na França ocupada pelos nazistas "que não têm humanidade e precisam ser destruídos". No trailer, Pitt pede por 100 escalpos nazistas por soldado. O filme estréia em Cannes, em agosto nos EUA e provavelmente em outubro no Brasil.